Operação Rota do Atlântico

Unidade Nacional de Combate à Corrupção” 3 de Março de 2016

Operação Rota do Atlântico

A Polícia Judiciária deteve uma pessoa por branqueamento de capitais e tráfico de influências

A Polícia Judiciária” através da Unidade Nacional de Combate à Corrupção (UNCC)” no âmbito de um inquérito dirigido pelo Ministério Público (DCIAP)” relacionado com uma investigação que se iniciou no final do ano de 2014 e deu origem à operação Rota do Atlântico” deteve hoje um homem de 75 anos” empresário do sector imobiliário” pela prática dos crimes de branqueamento de capitais e tráfico de influências.

O detido vai ser apresentado ainda hoje a Tribunal para primeiro interrogatório judicial.

Imprimir