Direção Nacional

A Polícia Judiciária, através da Diretoria de Lisboa e Vale do Tejo, procedeu à identificação, localização e detenção em flagrante delito de um homem, estrangeiro, com 23 anos de idade, por existirem fortes indícios da prática de crimes de falsificação ou contrafação de documentos e de recetação.

Os factos ilícitos sob investigação estão diretamente relacionados com a prática, em França, de diversos crimes de furto qualificado, através da apropriação ilegítima de viaturas automóveis que, em Portugal, viam os seus elementos identificativos adulterados, designadamente, o VIN e a matrícula.

A investigação desenvolvida, que teve a sua origem no início do presente ano, além da detenção em flagrante delito, permitiu a apreensão de três viaturas automóveis de gama alta, ostentando elementos identificativos falsificados, as quais constavam como furtadas, em França.

O arguido detido fará parte de um grupo criminoso que se dedicará ao furto e falsificação de veículos automóveis, a nível transnacional, com posterior reintrodução no mercado.

Presente a primeiro interrogatório judicial de arguido detido, foi-lhe aplicada a medida de coação de prisão preventiva, suscetível de conversão em prisão domiciliária com vigilância eletrónica.

 

Falsificação | Roubo / furto | Tráfico e viciação de automóveis
Imprimir