Os factos verificaram-se no concelho do Barreiro

Direção Nacional

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Setúbal, deteve um homem de 25 anos de idade, fora de flagrante delito, por sobre ele recaírem fortes indícios da prática de um crime de homicídio qualificado, na forma tentada, e de um crime de detenção de arma proibida.

Os factos foram praticados no passado dia 22 de março, quando a vítima, um homem com 20 anos, se dirigiu à residência da namorada do suspeito, a fim de com esta acordar o pagamento de danos causados na viatura da mesma.

Após a vítima tocar à campainha da residência, saiu do seu interior o detido que, sem que nada o fizesse prever, começou de imediato a agredi-la, desferindo-lhe várias facadas que levaram à necessidade de receber tratamento hospitalar.

O arguido, algum tempo depois apresentou-se na esquadra da PSP, onde foi formalmente detido por esta PJ.

No decurso das diligências realizadas, foi apreendida a arma do crime.

Presente a primeiro interrogatório judicial, foi-lhe aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

 

Homicídio | Uso de arma proibida
Imprimir