Os factos ocorreram no distrito de Setúbal

Direção Nacional

A Polícia Judiciária, através do Departamento de Investigação Criminal de Setúbal, identificou, localizou e deteve um homem, com 35 anos de idade, por sobre ele recaírem fortes indícios da prática do crime de violência doméstica.

No decurso da investigação realizada no âmbito de um processo-crime que versava sobre ilícitos de outra natureza, constatou-se que o arguido vinha exercendo, de forma reiterada, violência física e verbal sobre a respetiva companheira, uma senhora, com graves problemas de saúde, com a qual coabitava há 11 anos.

Para além da violência exercida sobre a respetiva companheira, recolheram-se, igualmente, provas de que o suspeito também maltratava outras duas pessoas que faziam parte do seu agregado familiar, o seu próprio pai e a companheira deste, uma senhora com um acentuado deficit cognitivo.

O detido foi presente a primeiro interrogatório judicial, na sequência do qual lhe foram impostas várias medidas de coação, entre as quais a proibição, absoluta, de contactos com as vítimas.

 

 

Violência doméstica
Imprimir