Foi detida pela Polícia Judiciária uma mulher fortemente indiciada pela prática do crime de incêndio florestal em Armamar

Unidade local de investigação criminal de Vila Real

A Polícia Judiciária, através da Unidade Local de Investigação Criminal de Vila Real, com a colaboração da Guarda Nacional Republicana – NPA de Lamego, procedeu à identificação e detenção de uma mulher suspeita de ter ateado um incêndio em área florestal, sita na localidade de Santa Cruz, em Armamar.

O incêndio, ocorrido no dia 04 de agosto de 2018, cerca das 08H00, consumiu uma área de mancha florestal constituída por pinheiro bravo e outras espécies arbóreas.

A detida, com 37 anos de idade, agricultora, vai ser presente a interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

 

Imprimir