Os factos ocorreram no concelho de Loures  

Diretoria de Lisboa e Vale do Tejo

A Polícia Judiciária, através da Diretoria de Lisboa e Vale do Tejo, localizou, identificou e deteve um homem, de 22 anos, por sobre ele recaírem fortes indícios da prática de crimes de roubo agravado e detenção de arma proibida.

O ora detido, no passado mês de junho, atuando com um coautor ainda por identificar, ambos exibindo armas de fogo, abordou inesperadamente as vítimas, as quais se encontravam numa oficina de reparação de automóveis, seu local de trabalho, apropriando-se de diversos bens das mesmas.

Na sequência das diligências realizadas pela Polícia Judiciária, foram apreendidos diversos objetos relacionados com os factos em investigação, bem como diversas munições de arma de fogo.

O ora detido já tem antecedentes e condenação por crimes idênticos, e será presente a primeiro interrogatório judicial, para aplicação das medidas de coação processual adequadas.

A polícia Judiciária irá prosseguir a investigação, visando apurar a eventual participação do ora detido em outros ilícitos semelhantes, bem como a identificação do segundo autor.

Imprimir