Identificação Biométrica e Análise de Áudio

Fundo de Segurança Interna 

PT/2018/FSI/311

 

Descrição e objetivos do projeto: visa dotar o LPC-PJ de equipamento inovador que permitirá colher e tratar informação bem como produzir prova pericial no campo da identificação judiciária e da análise áudio nas seguintes quatro vertentes:

  1. a) Identificação de indivíduos com recurso a dados lofoscópicos, seja, digitais ou palmares através do sistema de AFIS com inserção no Ficheiro Central de Dados Lofoscópicos (FCDL), permitindo a correlação entre os novos dados e as bases de dados existentes e partilhadas nacionais e internacionais; reconhecimento por comparação de voz cujas conclusões dos relatórios periciais são, de acordo com diretrizes de boas práticas do ENFSI (2015), apresentadas sob a forma de escala de rácios de probabilidade;
  2. b) Aquisição de equipamento e sistemas que permita a aplicação de novas técnicas de revelação lofoscópica em suportes e materiais de natureza diversa, ampliando e melhorando significativamente as probabilidades de se conseguirem visualizar vestígios atualmente impossíveis de revelar;
  3. c) Análise multimédia de suportes áudio e vídeo com recurso a software específico de elevada capacidade computacional, tendo como propósito não só a tratamento prévio dos ficheiros possibilitando a sua utilização em comparações biométricas, como o desenvolvimento de duas novas análises: reparação, correção, tratamento e promoção de inteligibilidade em gravações áudio, determinante obtenção de informação a partir de dados em formato áudio, e avaliação da autenticidade de gravações áudio, analisando metadados e variações na frequência de rede elétrica;
  4. d) Desenvolvimento de nova metodologia para análise estatística para a interpretação dos resultados analíticos, permitindo melhorar a capacidade de resposta e apresentação das conclusões dos relatórios periciais sob forma de escala de rácios de probabilidade, seguindo as orientações do ENFSI para a elaboração de relatórios avaliativos em Ciências Forenses (2015).

Data de assinatura da Convenção de Subvenção: 13-07-2018

Data de início do projeto: 15-04-2019

Data de fim previsto:01-03-2020

Investimento Total: € 547 046,53

Comparticipação Comunitária (75,00%): € 410 284,89

Contrapartida Nacional:€ 136 761,63

Equipa de Projeto: APIC, Joaquim Rodrigues, Ana Assis, André Saraiva