Alerta ao Cidadão – “Agentes Financeiros”

A Polícia Judiciária tem vindo a verificar um incremento inusitado de contactos feitos a várias pessoas” através de correio electrónico” por parte de pretensas empresas estrangeiras” a fim de serem contratadas como “agentes financeiros”.

Quando os contactados aceitam a proposta” é-lhes pedido o respectivo currículo e vários elementos pessoais” entre os quais o nome” o número de bilhete de identidade/cartão de Cidadão” a morada e os dados da sua conta bancária.

Os elementos da conta bancária são essenciais pois” cada um destes “agentes financeiros”” tem como função receber nessa sua conta bancária quantias que” alegadamente” seriam provenientes de pagamentos de clientes dessas empresas estrangeiras em Portugal.

Estas quantias” após lhes ser retirada uma percentagem para pagamento ao “agente financeiro” são reenviadas para países estrangeiros através de operadores de transferências internacionais.

Importa alertar que quem se prestar a este tipo de actuação poderá estar a colaborar com a prática de um crime e esta situação pode também fazê-lo incorrer em responsabilidade penal” punível com pena de prisão.

Assim” a Polícia Judiciária recomenda aos cidadãos que:

> Não adiram a este tipo de proposta;

> Não divulguem os dados pessoais;

> Não reencaminhem mensagens de correio electrónico de natureza idêntica;

> Comuniquem à PJ as situações deste tipo para as quais tenham sido “recrutados”.