- Polícia Judiciária - https://www.policiajudiciaria.pt -

Detida incendiária florestal

A Polícia Judiciária, através da Diretoria do Norte, no âmbito de investigação pendente, identificou e deteve, fora de flagrante delito, no cumprimento de mandado de detenção, a presumível autora de quatro incêndios florestais ocorridos, nas imediações de uma grande superfície comercial sita em Fânzeres – Gondomar.

Os fogos foram provocados com recurso a isqueiro, num aparente quadro de problemas mentais, tendo a autora ateado os incêndios, em zonas de mato, confinantes com a estrutura comercial e povoamento florestal.

Os incêndios foram provocados durante o dia, em regra, após deslocações para compras, à dita grande superfície comercial.

Três das ignições terão sido provocadas no verão de 2019, tendo à data logo surgido suspeitas sobre a autoria da ora detida, e a última no passado dia 21 de março.

A detida, de 70 anos de idade, não possui antecedentes, e presente à competente autoridade judiciária, para primeiro interrogatório judicial, foi-lhe aplicada a medida de coação de apresentações quinzenais a órgão de polícia criminal local.