- Polícia Judiciária - https://www.policiajudiciaria.pt -

Apreensão de elevado número de armas proibidas

A Polícia Judiciária, através da Diretoria de Lisboa e Vale do Tejo, com a colaboração da Guarda Nacional Republicana de Almada, localizou, identificou e deteve um homem, de 59 anos, por sobre ele recaírem fortes indícios da prática de crimes de tráfico de armas, bem como de detenção de armas e munições proibidas.

A ação policial desenvolveu-se na sequência de uma investigação, na qual se encontram presos preventivamente três homens, a qual apurou a autoria de vários assaltos à mão armada a estabelecimentos comerciais para apropriação de apostas de valor muito elevado do jogo designado como Placard.

De acordo com a informação recolhida, o ora detido será o responsável pelo fornecimento da arma de fogo que foi utilizada em tais assaltos.

No âmbito da operação ontem desencadeada, a Polícia Judiciária deu cumprimento a dois mandados de busca domiciliária, tendo procedido à apreensão de dezassete armas de fogo, nomeadamente dez pistolas (duas das quais, de calibre de guerra), cinco revólveres de diferentes calibres, duas espingardas, assim como centenas de munições de vários calibres, cartuchos e carregadores.

O detido será presente, hoje, a primeiro interrogatório judicial, no qual será sujeito à aplicação das medidas de coação processual adequadas.

A Polícia Judiciária irá prosseguir a investigação, visando apurar a eventual participação do ora detido em outros ilícitos idênticos, designadamente no fornecimento de armas de fogo para a prática de crimes violentos.

O material apreendido será exibido, hoje, pelas 15H30, no edifício-sede da Polícia Judiciária, sendo prestados esclarecimentos complementares referentes à investigação realizada. [1]